Merchandising de varejo: o que é, quais os tipos e como montar
merchandising de varejo

O merchandising de varejo é uma ferramenta poderosa para atrair consumidores, aumentar as vendas e proporcionar uma experiência de compra agradável. 

Essa ferramenta envolve uma série de técnicas e práticas que visam organizar e apresentar produtos de maneira atrativa no ponto de venda (PDV). 

Neste artigo, exploraremos em detalhes o que é merchandising de varejo, os diferentes tipos de merchandising e como montar uma estratégia eficaz.

O que é merchandising de varejo?

Merchandising de varejo refere-se ao conjunto de atividades e técnicas utilizadas para promover produtos e impulsionar as vendas no ponto de venda. 

Esse tipo de merchandising envolve a disposição de produtos, a criação de displays atraentes, a utilização de materiais promocionais e a implementação de estratégias que incentivem a compra impulsiva.

O objetivo do merchandising é maximizar a visibilidade dos produtos, tornar a experiência de compra mais agradável e facilitar a decisão de compra do consumidor.

Tipos de merchandising de varejo

Existem diversos tipos de merchandising de varejo, cada um com características e finalidades específicas. A seguir, destacamos os principais:

Merchandising visual

O merchandising visual é uma das formas mais comuns de merchandising de varejo. 

Ela envolve a criação de displays atrativos e organizados que chamem a atenção do consumidor. Isso inclui a disposição de produtos, iluminação, sinalização e decoração. Algumas técnicas de merchandising visual incluem:

  • Vitrines: As vitrines são a primeira impressão que o consumidor tem da loja. Elas devem ser criativas, temáticas e constantemente renovadas para atrair a atenção dos passantes.
  • Layout da loja: A disposição dos corredores, prateleiras e áreas de destaque é crucial. Produtos de maior margem de lucro devem ser colocados em locais estratégicos para incentivar a compra.
  • Iluminação: A iluminação adequada pode destacar produtos específicos e criar uma atmosfera acolhedora. Luzes direcionadas podem ser usadas para chamar a atenção para promoções e novos produtos.
  • Cores e sinalização: O uso de cores e sinalizações atraentes ajuda a guiar os consumidores pela loja e a destacar promoções e ofertas especiais.

Merchandising de produto

O merchandising de produto foca na apresentação e organização dos produtos em si. É crucial garantir que os produtos estejam dispostos de maneira lógica e acessível. Veja a seguir algumas estratégias.

  • Planogramas: São mapas detalhados que mostram onde cada produto deve ser colocado nas prateleiras. Eles ajudam a garantir consistência e otimização do espaço.
  • Exposição por categoria: Organizar produtos por categorias facilita a localização e comparação de itens similares, melhorando a experiência de compra.
  • Cross-merchandising: Colocar produtos complementares próximos uns dos outros pode incentivar a compra conjunta. Por exemplo, colocar massas e molhos de tomate lado a lado.
  • Rotatividade de produtos: Alterar a disposição dos produtos regularmente pode manter a loja interessante e incentivar os consumidores a explorarem mais.

Merchandising promocional

O merchandising promocional envolve a criação de campanhas e ações específicas para promover produtos e aumentar as vendas. Isso pode incluir:

  • Promoções e descontos: Oferecer descontos temporários ou promoções do tipo "compre um, leve dois" pode incentivar a compra imediata.
  • Lançamentos de produtos: A introdução de novos produtos com campanhas dedicadas e eventos de lançamento pode gerar buzz e atrair consumidores.
  • Eventos temáticos: Realizar eventos temáticos, como degustações, demonstrações de produtos ou workshops, pode atrair clientes e proporcionar uma experiência diferenciada.
  • Brindes e amostras: Oferecer amostras grátis ou brindes com a compra de determinados produtos pode aumentar a atratividade e impulsionar as vendas.

Merchandising digital

O merchandising digital envolve a promoção de produtos em plataformas online, como sites de e-commerce e redes sociais. Algumas práticas interessantes são:

  • Design de websites: Um site de fácil navegação, com layout atraente e descrições detalhadas dos produtos, pode melhorar a experiência de compra online.
  • SEO e SEM: Otimização para motores de busca (SEO) e marketing de busca (SEM) são essenciais para garantir que os produtos sejam encontrados pelos consumidores online.
  • Email marketing: Campanhas de email marketing segmentadas podem promover produtos específicos e ofertas especiais diretamente aos consumidores.
  • Redes sociais: Utilizar plataformas como Instagram, Facebook e TikTok para mostrar produtos, compartilhar conteúdo gerado por usuários e realizar promoções exclusivas.

Como montar uma estratégia de merchandising de varejo

Montar uma estratégia de merchandising de varejo requer planejamento cuidadoso e uma compreensão profunda do comportamento do consumidor. 

A seguir, apresentamos um guia passo a passo para criar uma estratégia de sucesso:

Conheça o seu público-alvo

O primeiro passo é entender quem são os seus clientes. Para isso, faça uma análise de dados demográficos, comportamentais e psicográficos para identificar as necessidades, preferências e hábitos de compra do seu público-alvo.

Defina objetivos claros

Estabeleça objetivos claros e mensuráveis para a sua estratégia de merchandising. Isso pode incluir metas de aumento de vendas, crescimento do ticket médio, melhoria da experiência do cliente ou incremento na fidelização de clientes.

Planeje o layout da loja

O layout da loja é fundamental para o sucesso do merchandising. Considere os seguintes aspectos:

  • Zonas quentes e frias: Identifique as áreas da loja com maior tráfego (zonas quentes) e aquelas menos visitadas (zonas frias). Coloque produtos de alto valor ou promoções nas zonas quentes e utilize estratégias para atrair os consumidores às zonas frias.
  • Fluxo de tráfego: Planeje o fluxo de tráfego para que os consumidores possam percorrer toda a loja de maneira intuitiva. Evite áreas congestionadas e crie caminhos claros para guiar os clientes.
  • Displays e vitrines: Crie displays atrativos e temáticos que chamem a atenção dos consumidores. Mantenha as vitrines atualizadas e alinhadas com as campanhas promocionais e sazonais.

Utilize tecnologia

A tecnologia pode ser uma aliada poderosa no merchandising de varejo. Considere o uso de:

  • Sistemas de gestão de estoque: Para garantir que os produtos estejam sempre disponíveis e bem abastecidos.
  • Ferramentas de análise de dados: Para monitorar o desempenho de vendas, identificar tendências e ajustar a estratégia de merchandising conforme necessário.
  • Displays interativos: Telas interativas e quiosques digitais podem proporcionar informações adicionais sobre os produtos e engajar os consumidores.

Treine a equipe

Uma equipe bem treinada é essencial para a implementação eficaz do merchandising. Garanta que os funcionários conheçam os produtos, as técnicas de exposição e as campanhas promocionais. 

Eles devem estar preparados para ajudar os clientes, responder a perguntas e sugerir produtos adicionais.

Monitore e ajuste

O merchandising de varejo não é estático. Por isso, é importante monitorar continuamente o desempenho das estratégias implementadas e fazer ajustes conforme necessário. 

Utilize métricas como vendas, ticket médio, taxa de conversão e feedback dos clientes para avaliar o sucesso das ações de merchandising.

10 exemplos práticos de merchandising de varejo

Para ilustrar como as estratégias de merchandising de varejo podem ser implementadas na prática, vamos explorar alguns exemplos práticos que destacam diferentes técnicas e abordagens.

  1. Vitrine temática para primavera em loja de roupas
  • Tema: Primavera.
  • Elementos: Manequins vestidos com as últimas coleções de primavera, flores artificiais, cores pastel, iluminação suave.
  • Impacto: Atrai a atenção de pedestres, destaca as novas coleções e incentiva a entrada na loja.
  1. Produtos complementares próximos em supermercados 
  • Produtos: Massas, molhos de tomate, queijo ralado, vinho tinto.
  • Disposição: Todos esses itens são colocados em uma mesma seção ou em uma ilha promocional.
  • Impacto: Facilita a compra de todos os ingredientes necessários para um jantar italiano, aumentando o ticket médio.
  1. Ponto extra em loja de eletrônicos para promover um novo modelo de smartphone
  • Localização: Próximo à entrada da loja e ao caixa.
  • Elementos: Display com o smartphone, folhetos informativos, cartazes destacando as características e benefícios do produto.
  • Impacto: Aumenta a visibilidade do novo produto e incentiva a compra por impulso.
  1. Padaria utiliza aromas para atrair clientes.
  • Aroma: Cheiro de pão fresco assando.
  • Método: Ventilação dos aromas para fora da loja, atraindo clientes que passam na rua.
  • Impacto: Cria uma associação positiva com a marca e incentiva a entrada na loja e a compra.
  1. Farmácia monta um display para produtos de verão.
  • Produtos: Protetores solares, loções pós-sol, repelentes de insetos.
  • Disposição: Um display central com produtos sazonais destacados, decorado com elementos de verão como conchas e miniaturas de praia.
  • Impacto: Destaca produtos relevantes para a estação, facilitando a compra.
  1. Uma loja de cosméticos com promoção de "compre um, leve dois"
  • Produtos: Batons de uma linha específica.
  • Disposição: Os produtos são destacados em um display especial próximo à entrada.
  • Impacto: Incentiva a compra por volume e aumenta o ticket médio.
  1. Loja de móveis oferece uma ferramenta de design de interiores interativa
  • Ferramenta: Um quiosque digital onde os clientes podem visualizar como os móveis ficariam em suas casas.
  • Disposição: Próximo à seção de móveis, com assistência de funcionários para ajudar no uso.
  • Impacto: Melhora a experiência do cliente e facilita a decisão de compra.
  1. Supermercado oferece amostras grátis de um novo iogurte
  • Localização: Próximo à seção de laticínios, com uma pequena mesa para degustação.
  • Elementos: Funcionários oferecendo amostras, banners destacando o produto e suas qualidades.
  • Impacto: Permite que os clientes experimentem o produto antes de comprar, aumentando a probabilidade de compra.
  1. Livraria realiza um evento de lançamento de um novo livro
  • Evento: Sessão de autógrafos com o autor.
  • Disposição: Área dedicada para o evento, com cadeiras, uma mesa para o autor, e displays de livros.
  • Impacto: Atrai fãs do autor e potenciais compradores, criando uma experiência memorável.
  1. Loja de roupas usa espelhos inteligentes
  • Tecnologia: Espelhos que mostram diferentes ângulos da roupa e permitem experimentar virtualmente outras cores e tamanhos.
  • Localização: Provadores de roupa.
  • Impacto: Melhora a experiência de compra e ajuda na tomada de decisão do cliente.

Precisando armazenar, transportar e distribuir materiais? Conte com a FLY SP!

Somos especialistas no armazenamento, transporte e distribuição de materiais e produtos para todo o Brasil e prezamos pela qualidade, eficiência e segurança. 

Portanto, se você precisa de empresas de logística em SP, conte com a FLY SP! Entre em contato agora com a FLY SP neste link e peça um orçamento para a sua empresa.

Solicite uma proposta

Leia também:

merchandising de varejo
Merchandising de varejo: o que é, quais os tipos e como montar
23 ideias de merchandising de Natal
PDV criativo dia das crianças
9 ideias de PDV criativo dia das crianças
merchandising dia das crianças
12 ideias de merchandising dia das crianças
merchandising exemplos
10 técnicas de merchandising para atrair mais clientes
PDV criativo Dia dos Pais: estratégias para captar a atenção dos clientes

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA

NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.