Como ter uma boa logística no e-commerce?
logística-no-ecommerce

A logística no e-commerce envolve várias etapas complexas e cada uma delas deve ser seguida de forma correta para garantir, principalmente, que os prazos sejam cumpridos. Continue lendo e saiba como ter uma boa logística no e-commerce.

A logística é tão importante quanto a qualidade do produto ou serviço que a sua empresa oferece. Afinal, uma boa experiência na entrega irá garantir a fidelização dos clientes e, consequentemente, aumento nas vendas. Ou seja, uma boa logística irá garantir que os seus clientes tenham uma excelente experiência de compra e voltem a comprar da sua empresa.

É fundamental ter um excelente planejamento em cada etapa do processo de gestão de um e-commerce na logística, desde o momento do estoque até o envio, de fato, do produto ou serviço.

Para te ajudar, reunimos neste artigo dicas de como ter uma boa logística no e-commerce e outras informações cruciais nesse processo.

O que é logística no e-commerce?

A logística no e-commerce trata-se de um conjunto de processos que engloba desde o momento do pedido do produto pelo consumidor até a entrega final. 

O principal objetivo é que o produto ou serviço encomendado pelo cliente chegue até ele com qualidade, rapidez e com um bom custo-benefício. 

As etapas incluem: 

  • Recebimento e conferência dos produtos;
  • Controle de estoque;
  • Armazenamento;
  • Movimentação e organização dos pedidos (picking);
  • Embalagem;
  • Meios de transportes das mercadorias;
  • Rastreamento dos pedidos enviados;
  • Distribuição dos produtos;
  • Gerenciamento das entregas;
  • Pós-venda e logística reversa.​

Qual a importância da logística no e-commerce?

A logística no e-commerce é essencial para qualquer empresa que vende produtos ou serviços on-line.

O prazo de entrega e o preço do frete são alguns dos fatores que os consumidores mais levam em conta na hora de escolher uma loja virtual.

Com um planejamento logístico eficiente e uma gestão qualificada, será possível realizar a entrega dentro do prazo, ter estoque suficiente para atender a demanda, conseguir um valor mais vantajoso do frete e aumentar a capacidade de fidelização dos clientes.

Entre as vantagem de investir em logística no e-commerce na sua empresa destacam-se: 

  • controle de estoque;
  • controle do valor do frete;
  • otimizar os custos operacionais;
  • reduzir desperdícios;
  • melhorar a produtividade;
  • segurança no transporte;
  • garantia de que a entrega seja realizada no prazo;
  • impacto positivo na experiência de compra do cliente e, consequente, maiores chances de fidelização;
  • se fortalecer perante a concorrência.

10 dicas que vão te ajudar a ter uma boa logística no e-commerce

Para conseguir uma logística no e-commerce eficiente, separamos algumas dicas para te ajudar.

  1. Abastecimento do estoque de produtos

O primeiro ponto de atenção da logística é a gestão de estoque dos produtos ou serviços que você oferece.

Quando esse processo de gestão é realizado de maneira eficiente, aumenta as chances de lucratividade do negócio, pois você terá conhecimento real dos itens estocados, quais são os mais vendidos e qual o momento certo de realizar novos pedidos. 

É fundamental que seja criado um planejamento para compra de estoque e que os pedidos sejam refeitos de acordo com o fluxo de vendas, para evitar que ocorra acúmulo ou falta de produtos.

Uma dica é contar com um software para gerir o controle das entradas e saídas dos produtos da sua empresa. 

  1. Armazenamento de produtos

Outro passo importante da logística no e-commerce é o armazenamento de produtos. 

É fundamental que você possua um espaço reservado exclusivamente para o seu estoque e que as caixas ou prateleiras sejam identificadas com etiquetas.

  1. Empacotamento de pedidos

Mais uma etapa que requer bastante atenção é o empacotamento de pedidos, pois esse será o primeiro contato do seu cliente com o seu produto. 

Por isso, a nossa dica é optar por uma embalagem bonita e charmosa para conquistar o consumidor. Aposte também em embalagens personalizadas e, se possível, envie um mimo (como um chaveiro, um adesivo, etc) para aumentar, ainda mais, a satisfação do seu cliente.

Atente-se para que as embalagens tenham tamanhos adequados para que não haja gastos desnecessários com enchimento dentro da caixa e dê preferência para fitas adesivas grossas para garantir mais segurança.

  1. Tipo de entrega

Após o empacotamento dos produtos é hora de escolher o tipo de entrega. É importante nessa etapa escolher um método seguro, que ofereça um bom custo-benefício e velocidade na entrega.

Confira a seguir os tipos de entregas mais comuns.

Correios

Os Correios dão a opção de fazer um contrato de prestação de serviços, que garantem vantagens e descontos nas entregas. 

No entanto, há algumas desvantagens, como o fato que eles têm limites de dimensões (2 metros de perímetro e 30kg de peso) e está sujeita a greves, por ser uma empresa pública. 

O que pode não ser interessante para a empresa que envia produtos maiores e, em casos de greve, irá atrasar a entrega e colaborar com a insatisfação do consumidor final.

Transportadoras

Certamente as melhores opções de logística no e-commerce são as transportadoras, que são empresas privadas que garantem mais estabilidade e não tem limitação de peso e tamanho. 

Além disso, algumas transportadoras oferecem seguro em caso de roubo ou extravio da mercadoria. 

Sistema próprio

Se o seu negócio for de pequeno porte, você pode utilizar um sistema próprio de logística, utilizando automóvel próprio ou serviço de motoboys.

No entanto, é importante ressaltar que optar por essa opção exige mais planejamento e uma eficiente gestão da frota.

  1. Defina prazos realistas

Independente do tipo de entrega que você escolher é fundamental que você definir prazos realistas para que o cliente não fique insatisfeito caso a mercadoria não chegue no dia previsto.

Por isso, estabeleça metas realistas e flexíveis para que o prazo seja cumprido sem problemas.

  1. Ofereça frete grátis

Uma excelente estratégia e que agrada muito o consumidor é oferecer frete grátis. Não se esqueça de avaliar se é financeiramente viável para sua empresa e se é interessante que valor do frete seja embutido no valor final do produto.

Você pode dar essa alternativa em compras acima de um determinado valor, o que aumenta as chances de que o ticket médio seja maior. 

Ou então optar por oferecer o frete grátis apenas para regiões específicas do país. Essa é uma boa estratégia se você consegue preços competitivos de frete naquela região e se o objetivo é fidelizar clientes dali.

  1. Faça monitoramento dos produtos enviados

Um diferencial que a sua empresa pode adotar para aumentar a fidelização do consumidor é permitir que ele rastreie os pedidos e saiba em qual etapa do processo o seu produto está.

  1. Acompanhamento e pós-venda

A gestão precisa continuar após o envio e entrega do produto. É importante que a empresa também acompanhe o envio do produto através do código de rastreamento e esteja disponível para responder às eventuais dúvidas dos clientes.

No pós-venda, envie ao seu cliente uma comunicação para saber se ele recebeu o produto, se está satisfeito com a entrega e o peça para fazer uma avaliação do produto na página da sua empresa. 

  1. Ofereça logística reversa

Outro ponto para garantir uma boa logística no e-commerce é definir um processo de logística reversa, que nada mais é que a troca ou devolução de mercadorias adquiridas pela internet.

Ao adotar esse processo a sua empresa gerará vantagem competitiva e irá oferecer um atendimento diferenciado, aumentando as chances de fidelização de clientes. 

Além disso, o próprio Código de Defesa do Consumidor prevê o direito de arrependimento. Por isso, é essencial que a sua empresa esteja preparada para esse processo.

Apesar de não haver uma regra clara que diz quem deve arcar com os custos da logística reversa, as próprias empresas costumam pagar para conquistar os clientes. 

Vale a pena deixar no seu site uma aba exclusiva sobre política de troca e devolução, esclarecendo possíveis dúvidas sobre o processo.

  1. Escolha uma boa transportadora

Por fim, escolha uma boa transportadora para realizar as operações de logística no seu e-commerce.

Independente do porte da sua empresa, terceirizar é a melhor opção pois garante um serviço mais especializado e a correta execução de todas as etapas que envolvem a entrega de mercadorias.

Precisando de uma boa empresa de logística no e-commerce? Conte com a FLY SP!

Somos especialistas no armazenamento, transporte e distribuição de materiais e produtos para todo o Brasil e prezamos pela qualidade, eficiência e segurança. 

Portanto, se você precisa de empresas de logística em SP, conte com a FLY SP! Entre em contato agora com a FLY SP neste link e peça um orçamento para a sua empresa.

Solicite uma proposta

Leia também:

merchandising exemplos
Como fazer merchandising no ponto de venda?
sistema de ponto de venda
Como um sistema de ponto de venda pode impulsionar o seu negócio
exposição de produtos no pdv
13 dicas para melhorar a exposição de produtos no PDV
tipos de PDV
Quais são os tipos de PDV?
ações de merchandising
21 ações de merchandising para aplicar no seu negócio
Ponto extra merchandising
Ponto extra merchandising: o que é e como ele pode aumentar suas vendas

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA

NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.