Transporte de cargas aéreas: o que é e quais as vantagens para as empresas
transporte de cargas aéreas

O transporte de cargas é uma atividade crucial para a economia mundial, possibilitando a movimentação de mercadorias de um lugar para outro. Nesse contexto, o transporte aéreo de cargas vem ganhando cada vez mais espaço, oferecendo vantagens em relação a outros modais, como o rodoviário e o marítimo.

Com a globalização e a necessidade de agilidade nos processos de distribuição, o transporte aéreo se tornou uma opção atrativa para empresas de diversos setores que buscam garantir entregas rápidas e seguras. 

Além disso, o transporte aéreo também é utilizado para o envio de cargas de alto valor agregado, cargas perecíveis e produtos que precisam ser entregues em prazos curtos. 

Nesse sentido, entender as particularidades desse tipo de transporte é essencial para garantir eficiência na cadeia logística e atender às necessidades dos clientes.

Confira a seguir o que é o transporte de cargas aéreas e quais são as suas principais vantagens para as empresas.

O que é o transporte de cargas aéreas?

O transporte de cargas aéreas é realizado por meio de aviões comerciais e cargueiros, exclusivamente destinados a transportar mercadorias. 

Essa modalidade é especialmente útil para empresas que precisam movimentar cargas com agilidade e segurança, em longas distâncias ou em locais de difícil acesso por outros modais, como o rodoviário ou o marítimo. 

No transporte aéreo de cargas, os produtos são embalados em contêineres específicos, chamados de ULDs (Unit Load Devices), que são carregados nos aviões. A velocidade do transporte aéreo permite que as empresas reduzam os prazos de entrega e possam atender seus clientes de forma mais eficiente.

Como funciona o transporte de cargas aéreas?

O transporte de cargas aéreas funciona por meio de aviões que possuem compartimentos específicos para o transporte de mercadorias. Esses aviões podem ser exclusivos para o transporte de cargas ou podem ser compartilhados com passageiros. 

As empresas que realizam esse tipo de transporte possuem uma série de procedimentos e normas para garantir a segurança e integridade das mercadorias, desde o momento da coleta até a entrega no destino final.

Geralmente, as empresas que oferecem transporte de cargas aéreas possuem acordos com companhias aéreas e aeroportos em todo o mundo, o que possibilita a realização de entregas em diversos países. 

O processo de transporte de carga aérea envolve diversas etapas, como o embalamento adequado das mercadorias, a realização de trâmites aduaneiros, a verificação da documentação necessária para o transporte e a programação do voo de acordo com a demanda de carga e os horários disponíveis.

Uma vez que as mercadorias são entregues no aeroporto de destino, elas passam novamente por processos de conferência, verificação de documentação e liberação aduaneira antes de serem transportadas para o local de destino final. 

Todo esse processo é realizado com grande rigor para garantir a segurança das mercadorias e a satisfação dos clientes.

Quais os principais tipos de cargas indicadas para o transporte aéreo?

Existem diferentes tipos de cargas que são indicadas para o transporte aéreo, dependendo de suas características e necessidades de logística. Veja a seguir alguns dos principais.

Cargas urgentes

São aquelas que precisam ser entregues em um curto espaço de tempo, seja por motivos de segurança, saúde, produção ou outros fatores que exigem uma entrega rápida e eficiente.

Isso é particularmente importante para produtos acabados, insumos de produção, medicamentos e materiais hospitalares com hora marcada, e documentos importantes.

Os principais tipos de produtos embarcados no transporte de cargas aéreas incluem alimentos perecíveis, flores e arranjos raros ou exóticos, vacinas e medicamentos durante epidemias e campanhas nacionais, jornais e periódicos com necessidade de entrega diária ou semanal, itens de medicina e primeiros socorros, órgãos para transplante, cargas resfriadas ou congeladas para consumo rápido, e peças e itens para reposições imediatas.

Cargas de alto valor

Produtos com alto valor e dimensões pequenas são frequentemente transportados por via aérea devido à sua elevada valorização. 

Exemplos de cargas valiosas incluem metais e pedras preciosas, jóias, máquinas e componentes eletrônicos de alto valor e tecnologia, obras de arte, e itens valiosos para exposições e eventos que exigem um alto nível de segurança e rastreabilidade durante o transporte.

Cargas perecíveis

Produtos que podem se deteriorar rapidamente e precisam manter sua qualidade e integridade, como alimentos frescos ou medicamentos, podem ser transportados por via aérea, desde que a validade seja de no mínimo 72 horas e o prazo seja declarado.

Cargas de grande porte

Alguns exemplos são equipamentos industriais, peças de avião e outros itens que exigem o uso de aviões de carga para o transporte.

Cargas frágeis

Produtos frágeis como quadros, vidros, pinturas, instrumentos musicais e outros itens que exigem cuidado especial durante o transporte para evitar danos. É importante que possuam embalagem adequada para proteção.

Cargas restritas

Algumas cargas perigosas e restritas de pequeno volume também podem ser transportadas por via aérea, desde que haja um aparato especial de segurança e aviões especiais disponíveis. 

Exemplos de cargas restritas incluem produtos químicos de uso controlado, isótopos radioativos, produtos que podem causar contaminação, agrotóxicos, e materiais explosivos.

Cargas diversas

Embora o transporte de cargas aéreas seja geralmente destinado a mercadorias e operações mais específicas, qualquer tipo de produto pode ser embarcado via esse modal, desde que atenda às necessidades e estratégias da empresa. 

Exemplos incluem cargas vivas e animais, setor de engenharia e construção, setor de energia e mineração, produtos de e-commerce, cosméticos e itens farmacêuticos.

Cargas controladas

Produtos como remédios, armas e vacinas podem ser transportados, mas o embarcador deve solicitar a liberação junto ao serviço regional da aviação civil – Serac.

Cargas perigosas

Substâncias que podem apresentar risco à saúde, segurança e meio ambiente são classificadas e transportadas de acordo com as normas estabelecidas no manual da DGR (Dangerous Goods Regulations).

Quais são as vantagens do transporte aéreo de cargas no Brasil?

O transporte aéreo de cargas apresenta diversas vantagens para as empresas. Confira a seguir as principais.

Mais rápido e eficiente

É uma opção muito rápida, eficiente e segura, permitindo a entrega de mercadorias em um curto período de tempo e com baixo risco de extravio ou dano.

O transporte aéreo possibilita entregas diárias, envolvendo longas distâncias, o que é especialmente importante em um país de dimensões continentais como o Brasil.

Possibilidade de ser transportado para áreas de difícil acesso

Outra vantagem do transporte aéreo de cargas é que ele pode ser realizado em praticamente qualquer lugar, já que os aviões podem pousar em aeroportos de diferentes regiões. 

Isso é especialmente importante em locais de difícil acesso por outros meios de transporte, como regiões remotas da Amazônia ou do Nordeste do país.

Ideal para produtos de valor agregado que requerem cuidados especial

Ele é particularmente adequado para mercadorias de alto valor agregado, como produtos eletrônicos, jóias, peças de avião e medicamentos, que requerem cuidados especiais durante o transporte e que podem ser facilmente transportados em aviões cargueiros.

Opção mais econômicas em caso de envios urgentes

O transporte aéreo de cargas também pode ser uma opção mais econômica do que outros meios de transporte em determinadas situações, como para envios urgentes de mercadorias ou em locais onde o transporte terrestre é mais difícil ou caro.

Maior segurança

Ao contrário do transporte rodoviário ou marítimo, o transporte aéreo oferece menos riscos de acidentes, extravios ou roubos. 

As companhias aéreas possuem rigorosos controles de segurança, tanto na manipulação da carga quanto no embarque e desembarque dos produtos. 

Além disso, as cargas são monitoradas em tempo real, permitindo a identificação de eventuais problemas e ações imediatas para resolvê-los. Essa segurança é ainda mais importante quando se trata de cargas de alto valor agregado, como jóias, equipamentos eletrônicos, medicamentos e outros itens sensíveis.

Redução de custos com embalagens

Diferente do transporte rodoviário ou marítimo, que muitas vezes exigem embalagens resistentes e pesadas para proteger a carga durante o trajeto, o transporte aéreo permite que as embalagens sejam mais leves e compactas, já que as cargas são manuseadas com maior cuidado e menos vibrações durante o transporte. 

Além disso, a rapidez do transporte aéreo também pode reduzir o tempo de armazenagem e manuseio das cargas, o que resulta em menores custos com a logística de armazenamento e manuseio.

Possibilidade de contratar seguro mais barato

Embora o transporte aéreo de cargas tenha um custo maior em relação a outros modais, uma de suas vantagens é a possibilidade de contratar um seguro mais barato em relação ao transporte rodoviário ou marítimo. 

Isso ocorre porque, em geral, o risco de acidentes é menor durante o transporte aéreo devido à menor exposição da carga a possíveis incidentes. 

Além disso, as companhias aéreas possuem seguros próprios que cobrem danos ou perdas de carga durante o transporte. Com isso, o embarcador pode economizar na contratação de seguros adicionais, reduzindo seus custos com o transporte de cargas.

Redução de custos com estoque

Por fim, uma das vantagens do transporte aéreo de cargas é a redução de custos com estoque. 

Como as entregas são feitas de forma mais rápida e eficiente, é possível reduzir a quantidade de produtos estocados e, consequentemente, os custos com armazenagem, manutenção e segurança desses produtos.

Frete rodoviário X frete aéreo

O frete rodoviário e o frete aéreo são dois modos de transporte de carga com características distintas.

O frete rodoviário é um modo de transporte que consiste em utilizar caminhões para transportar mercadorias. Ele é geralmente utilizado para cargas de maior volume e peso, com destinos em locais que podem ser alcançados por meio de rodovias. 

O frete rodoviário é uma opção mais econômica do que o frete aéreo, mas pode ser mais lento e menos adequado para cargas que precisam ser entregues com urgência.

Já o frete aéreo é um modo de transporte mais rápido e ágil, que utiliza aviões para transportar cargas de um lugar para outro. Ele é mais indicado para cargas de menor volume e peso, que precisam ser entregues com rapidez e urgência. 

O frete aéreo é mais caro que o frete rodoviário, mas pode ser a opção mais adequada para mercadorias que precisam chegar rapidamente a um destino distante.

Ambos os modos de transporte possuem vantagens e desvantagens, e a escolha entre eles dependerá das necessidades de cada operação logística. 

Cabe ao embarcador avaliar fatores como prazo de entrega, distância, peso, volume, custo e urgência para decidir qual o melhor modo de transporte a ser utilizado.

Precisando realizar transporte de cargas aéreas? Conte com a FLY SP!

Somos especialistas no transporte de cargas areas, no armazenamento, transporte e distribuição de materiais e produtos para todo o Brasil e prezamos pela qualidade, eficiência e segurança. 

Portanto, se você precisa de empresas de logística em SP, conte com a FLY SP! Entre em contato agora com a FLY SP neste link e peça um orçamento para a sua empresa.

Solicite uma proposta

Leia também:

merchandising de varejo
Merchandising de varejo: o que é, quais os tipos e como montar
23 ideias de merchandising de Natal
PDV criativo dia das crianças
9 ideias de PDV criativo dia das crianças
merchandising dia das crianças
12 ideias de merchandising dia das crianças
merchandising exemplos
10 técnicas de merchandising para atrair mais clientes
PDV criativo Dia dos Pais: estratégias para captar a atenção dos clientes

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA

NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.