Saiba como funciona o processo de logística
processos de logística

A logística é uma área de extrema importância em qualquer negócio que envolva o transporte de bens e mercadorias. Ela é responsável por gerenciar todo o processo de movimentação de produtos, desde a sua produção até a sua entrega final ao consumidor. Continue lendo e saiba como funciona o processo de logística.

O processo logístico envolve uma série de atividades e etapas que precisam ser bem coordenadas para garantir que o produto chegue ao seu destino final de forma eficiente e segura. Isso inclui desde a armazenagem, transporte, distribuição, até a gestão de estoque e controle de qualidade.

Além disso, a logística também se preocupa em reduzir custos e prazos, aumentar a eficiência e produtividade, e garantir a satisfação dos clientes. Para isso, ela utiliza diversas ferramentas e tecnologias, como sistemas de gestão de estoque, planejamento de rotas, monitoramento de veículos, entre outras.

Compreender como funciona o processo logístico é fundamental para qualquer empresa que deseja se manter competitiva no mercado. A seguir, vamos explorar detalhadamente cada uma das etapas desse processo e como elas se relacionam entre si.

O que são os processos logísticos?

Os processos logísticos são uma série de atividades e operações que visam gerenciar a movimentação de bens e mercadorias em uma empresa, desde a aquisição de matéria-prima até a entrega do produto final ao cliente. 

Esses processos incluem uma série de etapas, tais como a gestão de estoques, o transporte, a armazenagem, a distribuição e o gerenciamento de informações.

A gestão de estoques, por exemplo, é um processo logístico que envolve a compra, armazenamento e controle de estoque de produtos. Já o transporte é responsável por transportar as mercadorias de um lugar para outro, seja por meio de caminhões, navios, trens ou aviões. A armazenagem, por sua vez, é responsável por armazenar e gerenciar produtos em um espaço físico adequado e seguro, enquanto a distribuição é responsável pela entrega dos produtos aos clientes.

Cada processo logístico envolve uma série de atividades específicas que precisam ser bem coordenadas para garantir que o produto chegue ao seu destino final de forma eficiente e segura. 

Além disso, os processos logísticos também têm como objetivo reduzir custos e prazos, aumentar a eficiência e produtividade, e garantir a satisfação dos clientes.

A gestão eficiente dos processos logísticos é fundamental para o sucesso de uma empresa, uma vez que ela afeta diretamente a qualidade do produto final, a satisfação do cliente e a rentabilidade do negócio.

Qual a importância desta operação na logística?

Os processos logísticos têm uma importância fundamental na cadeia de suprimentos e na operação de uma empresa. Uma gestão eficiente da logística pode trazer diversos benefícios, como:

  • Redução de custos: uma gestão eficiente dos processos logísticos pode ajudar a reduzir os custos de transporte, armazenagem e distribuição, aumentando a rentabilidade da empresa;
  • Aumento da eficiência: ao otimizar os processos logísticos, é possível aumentar a eficiência da operação e reduzir o tempo de entrega dos produtos, o que pode aumentar a satisfação dos clientes;
  • Controle de estoque: uma gestão eficiente dos estoques pode ajudar a evitar a falta de produtos e o excesso de estoque, o que pode levar a perdas financeiras para a empresa;
  • Melhoria na qualidade do produto: uma gestão eficiente dos processos logísticos pode contribuir para a melhoria da qualidade dos produtos, garantindo que eles cheguem aos clientes em perfeitas condições;
  • Maior competitividade: uma empresa que possui uma logística bem estruturada pode se tornar mais competitiva no mercado, conquistando novos clientes e mantendo os antigos.

Etapas do processo logístico

O processo logístico pode ser dividido em algumas etapas principais, que envolvem desde a aquisição da matéria-prima até a entrega do produto final ao cliente. 

Cada uma dessas etapas é importante para garantir a eficiência e a qualidade do processo logístico como um todo. Uma falha em qualquer uma delas pode comprometer todo o processo e afetar a satisfação do cliente. 

Por isso, é fundamental que todas as etapas sejam bem planejadas e coordenadas para garantir um processo logístico eficiente e eficaz.

Confira a seguir as principais etapas do processo logístico.

Contato com fornecedores

O contato com fornecedores é uma etapa fundamental no processo logístico, pois permite que a empresa encontre os melhores fornecedores e negocie condições favoráveis de compra. Essa etapa inclui as seguintes atividades:

  • Identificação de fornecedores: a empresa precisa identificar os fornecedores que possam oferecer os produtos e serviços necessários para a sua operação;
  • Pesquisa de fornecedores: a empresa deve pesquisar e avaliar os fornecedores identificados, levando em consideração critérios como preço, qualidade, prazo de entrega, capacidade de produção, localização, entre outros;
  • Cotação de preços: a empresa deve solicitar cotações de preços aos fornecedores selecionados, indicando a quantidade e especificações dos produtos desejados;
  • Análise das propostas: a empresa deve analisar as propostas recebidas dos fornecedores, levando em consideração critérios como preço, prazo de entrega, qualidade, garantias oferecidas, entre outros.
  • Negociação: a empresa deve negociar com os fornecedores selecionados as condições de compra, incluindo preço, prazo de pagamento, prazo de entrega, entre outros;
  • Seleção de fornecedores: após a negociação, a empresa deve selecionar os fornecedores que oferecem as melhores condições de compra e que atendem aos requisitos de qualidade e confiabilidade.

Essas atividades são importantes para garantir que a empresa tenha acesso aos produtos e serviços necessários para sua operação, além de obter condições favoráveis de compra. 

Armazenagem

A armazenagem é uma etapa importante no processo logístico, pois permite que a empresa gerencie e controle o estoque de produtos de forma eficiente. Essa etapa inclui as seguintes atividades:

  • Recebimento de produtos: a empresa deve receber os produtos provenientes da produção ou de fornecedores, conferindo a quantidade e qualidade dos produtos;
  • Identificação e classificação dos produtos: a empresa deve identificar e classificar os produtos recebidos, separando-os por tipo, tamanho, cor, data de validade, entre outros critérios;
  • Armazenamento: a empresa deve armazenar os produtos em locais adequados, de acordo com as suas características e necessidades, como temperatura e umidade;
  • Controle de estoque: a empresa deve controlar o estoque de produtos, monitorando as entradas e saídas, bem como o tempo de permanência dos produtos no estoque;
  • Separação de pedidos: a empresa deve separar os produtos de acordo com os pedidos dos clientes, garantindo que os produtos sejam entregues corretamente e dentro do prazo estabelecido;
  • Embalagem: a empresa deve embalar os produtos de forma adequada, protegendo-os contra danos e preservando a sua qualidade durante o transporte;
  • Expedição: a empresa deve expedir os produtos para os clientes, garantindo que os prazos sejam cumpridos e que os produtos sejam entregues em boas condições.

Essas atividades são importantes para garantir que a empresa gerencie o estoque de produtos de forma eficiente, evitando a falta ou o excesso de produtos em estoque, reduzindo os custos de armazenagem e aumentando a eficiência da entrega de produtos aos clientes. 

Distribuição

A distribuição é uma etapa fundamental no processo logístico, pois envolve a entrega dos produtos aos clientes de forma rápida, eficiente e com qualidade. Essa etapa inclui as seguintes atividades:

  • Planejamento de rotas: a empresa deve planejar as rotas de entrega dos produtos, considerando a localização dos clientes, os prazos de entrega, as condições das vias de transporte, entre outros fatores;
  • Seleção de transportadoras: a empresa deve selecionar as transportadoras que irão realizar as entregas dos produtos, considerando a qualidade do serviço, o preço e a capacidade de atender as demandas da empresa;
  • Preparação dos produtos para o transporte: a empresa deve preparar os produtos para o transporte, embalando-os de forma adequada, protegendo-os contra danos e preservando a sua qualidade;
  • Carregamento dos produtos: a empresa deve carregar os produtos nas unidades de transporte, garantindo que os produtos sejam acomodados de forma adequada e segura;
  • Transporte: as transportadoras devem transportar os produtos aos clientes, cumprindo os prazos estabelecidos e garantindo a integridade dos produtos;
  • Entrega dos produtos: as transportadoras devem entregar os produtos aos clientes, garantindo que os produtos sejam entregues no local correto e nas condições adequadas.

Essas atividades são importantes para garantir que os produtos sejam entregues aos clientes de forma eficiente e com qualidade, atendendo às suas expectativas e garantindo a satisfação dos clientes.

Pós-venda

A etapa de pós-venda é uma parte importante do processo logístico, pois envolve o suporte aos clientes após a entrega dos produtos. Alguns pontos dessa etapa são:

  • Atendimento ao cliente: a empresa deve disponibilizar canais de atendimento ao cliente, como telefone, e-mail, chat online, entre outros, para atender às demandas dos clientes;
  • Solução de problemas: a empresa deve solucionar eventuais problemas que possam surgir após a entrega dos produtos, como trocas, devoluções, reparos, entre outros;
  • Monitoramento do nível de satisfação dos clientes: a empresa deve monitorar o nível de satisfação dos clientes, por meio de pesquisas de satisfação, feedbacks e reclamações, para identificar eventuais problemas e oportunidades de melhoria;
  • Fidelização dos clientes: a empresa deve desenvolver ações para fidelizar os clientes, como programas de fidelidade, brindes, descontos, entre outros, incentivando a compra de novos produtos e a indicação da empresa para outros clientes;
  • Análise dos resultados: devem ser analisados os resultados da etapa de pós-venda, avaliando o desempenho da empresa e identificando oportunidades de melhoria.

Essas atividades são importantes para garantir a satisfação dos clientes, aumentar a fidelização e a recompra, e melhorar a imagem da empresa no mercado. 

Uma gestão eficiente na etapa de pós-venda pode contribuir para a redução de custos, a melhoria da qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela empresa, bem como para a geração de novos negócios e oportunidades de crescimento.

Conclusão

Por todos esses motivos, é fundamental que as empresas invistam em uma gestão eficiente dos processos logísticos. Isso pode ser feito por meio da adoção de tecnologias e metodologias de gestão, além da contratação de profissionais qualificados e experientes na área.

Precisando armazenar, transportar e distribuir materiais?

Conte com a FLY SP! Ajudamos no seu processo logístico!

Somos especialistas no armazenamento, transporte e distribuição de materiais e produtos para todo o Brasil e prezamos pela qualidade, eficiência e segurança. 

Portanto, se você precisa de empresas de logística em SP, conte com a FLY SP! Entre em contato agora com a FLY SP neste link e peça um orçamento para a sua empresa.

Solicite uma proposta

Leia também:

exemplos de cross merchandising
8 exemplos de cross merchandising
atividades de apoio da logística
Quais são as principais atividades de apoio da logística?
merchandising em supermercado
9 estratégias de merchandising em supermercado
Merchandising editorial
Merchandising editorial: o que é, exemplos e como integrar na sua estratégia
merchandising no ponto de venda
8 dicas para aplicar merchandising no ponto de venda (PDV)
10 exemplos visual merchandising para impulsionar o seu negócio

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA

NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.