Transporte de carga internacional: como funciona e dicas para realizar com segurança
transporte de carga internacional

O transporte de carga internacional é uma atividade que exige cuidados específicos para garantir a segurança e eficiência da movimentação de mercadorias entre diferentes países.

Para garantir um transporte de carga internacional seguro e eficiente, é necessário planejar a rota, custo, gerenciamento de riscos e organização da documentação necessária. É necessário ter atenção a todos os detalhes para que o transporte ocorra sem problemas.

No entanto, muitas empresas têm dúvidas sobre suas responsabilidades, quais documentos devem ser reunidos para cumprir as obrigações legais e fiscais e como realizar o transporte com segurança.

Vamos te explicar neste artigo como funciona esse tipo de transporte, quais os documentos necessários e dicas para realizá-lo com segurança.

Como funciona o transporte de carga internacional?

O transporte de carga internacional é um processo de deslocamento físico de produtos entre diferentes países, que envolve uma série de etapas logísticas. 

Para realizar a exportação ou importação de cargas internacionais, é necessário considerar as etapas envolvidas no país de origem, que incluem o transporte interno do local de produção para a alfândega do vendedor, e no país de destino, que envolvem o transporte interno do terminal aeroportuário e/ou portuário até o local de destino. 

Além disso, o transporte de carga internacional é regido por um contrato internacionalmente acordado, que estabelece as regras e padrões internacionais a serem seguidos, bem como as responsabilidades do comprador e do vendedor em relação aos custos do seguro e do frete.

Para que essa atividade ocorra de forma segura e eficiente, é necessário seguir uma série de etapas, tais como:

  • Planejamento: é preciso definir a rota, o modal de transporte, o prazo de entrega, o custo e os documentos necessários para o transporte;
  • Coleta da carga: as mercadorias são coletadas no local de origem e embaladas de acordo com as normas de transporte;
  • Embarque: as mercadorias são carregadas no modal de transporte escolhido, que pode ser um navio, avião, caminhão ou trem;
  • Trânsito: as mercadorias são transportadas até o destino, podendo passar por vários países e modais de transporte;
  • Desembarque: as mercadorias são descarregadas e passam pelo processo de desembaraço aduaneiro, que envolve a verificação dos documentos e pagamento de impostos;
  • Entrega: as mercadorias são entregues no destino final, seguindo as normas e procedimentos de transporte de cada país.

Vale ressaltar que, para realizar o transporte de carga internacional, é necessário contar com o apoio de profissionais especializados em logística e com amplo conhecimento das normas e regulamentações de cada país. 

Além disso, é fundamental ter um planejamento bem estruturado e organizado, para evitar atrasos, prejuízos e problemas com a legislação.

Quais são os tipos de transporte de carga internacional?

A escolha do modal de transporte depende das características do produto, urgência na entrega, distância percorrida e custo do frete, entre outros fatores. 

Cada modal tem suas próprias regulamentações e documentações específicas para o transporte internacional de cargas.

O transporte internacional de cargas pode ser feito por diversas modalidades, sendo que o transporte aéreo é frequentemente associado a esse tipo de operação devido à sua velocidade e eficiência. 

Embora possua um custo mais elevado, o transporte aéreo é a opção mais indicada para cargas de pequeno porte e com urgência para chegar ao destino, pois consegue garantir a integridade do produto e rapidez na entrega. 

Além disso, os serviços regulares do transporte aéreo proporcionam a certeza de que a entrega será feita com rapidez em qualquer parte do mundo. 

No entanto, o transporte marítimo é o meio bastante utilizado no comércio exterior, pois oferece um custo mais baixo. Quanto ao transporte rodoviário, ferroviário e fluvial são indicados para curtas distâncias e transporte local.

Qual a importância do transporte de carga internacional para a economia global?

O transporte de carga internacional é responsável por possibilitar o comércio internacional e facilitar o intercâmbio de mercadorias entre diferentes países.

Através do transporte de carga internacional, empresas podem acessar novos mercados e consumidores, o que contribui para o crescimento da economia e geração de empregos. 

Além disso, o transporte de carga internacional permite que países possam importar bens que não são produzidos internamente e exportar produtos em que têm vantagem competitiva, gerando divisas e aumentando a competitividade da economia nacional.

Porém, o transporte de carga internacional também pode ser afetado por questões políticas e econômicas, como mudanças nas políticas de comércio internacional e conflitos entre países. 

Por isso, é importante que as empresas e governos estejam atentos a essas questões e trabalhem para promover um ambiente de negócios estável e previsível para o transporte de carga internacional.

Qual é a documentação necessária?

A fim de garantir a conformidade com as regulamentações fiscais, é essencial organizar todos os documentos necessários durante as diferentes etapas do transporte de carga, desde a origem até o destino final. É crucial que o transportador esteja com todos os documentos em mãos, pois a falta deles pode resultar em autuações e apreensões por não conformidade com as leis fiscais.

O objetivo dos documentos é oficializar a cobrança de impostos de cada país, garantindo que cada governo receba o tributo correspondente e que o serviço seja realizado de forma legal e regular. 

Além disso, a documentação é fundamental para controlar as entradas e saídas de mercadorias de acordo com as normas estabelecidas por cada nação.

Antes de falarmos da documentação, confira quais as principais regulamentações internacionais sobre transporte de carga.

Regulamentações internacionais sobre transporte de carga

As regulamentações internacionais sobre transporte de carga estabelecem normas e padrões a serem seguidos para garantir a segurança e eficiência do transporte internacional de mercadorias. 

Essas regulamentações incluem acordos internacionais, convenções e resoluções adotadas por organizações internacionais, como a Organização Marítima Internacional (IMO) e a União Internacional de Transportes Rodoviários (IRU).

Algumas das principais regulamentações internacionais sobre transporte de carga incluem:

  • Convenção Internacional para a Segurança da Vida Humana no Mar (SOLAS): estabelece requisitos de segurança para navios e cargas, incluindo a obrigação de fornecer informações precisas sobre o peso das cargas antes do embarque.
  • Convenção Internacional sobre o Transporte de Mercadorias por Estrada (CMR): estabelece regras para o transporte rodoviário internacional de mercadorias, incluindo a responsabilidade do transportador pela segurança da carga.
  • Convenção de Quioto Revisada: estabelece regras para o transporte internacional de mercadorias por via aérea, incluindo a responsabilidade do transportador pelo seguro da carga.
  • Acordo sobre Facilitação do Comércio da Organização Mundial do Comércio (OMC): visa simplificar e agilizar os procedimentos de comércio internacional, incluindo o transporte de carga, por meio da padronização de processos e documentação.
  • Convenção Internacional sobre a Harmonização de Regulamentos Aduaneiros (HS): estabelece um sistema padronizado de classificação de mercadorias para fins de cobrança de impostos e tarifas alfandegárias em todo o mundo.

O cumprimento dessas regulamentações é fundamental para garantir a segurança da carga, a integridade do processo de transporte e a conformidade com as leis e normas internacionais.

Acordos internacionais de transporte de carga

Existem diversos acordos internacionais de transporte de carga que visam estabelecer regras, padrões e procedimentos comuns para o transporte de mercadorias entre países. Alguns dos principais acordos são:

  • Convenção de Viena sobre Contratos de Compra e Venda Internacional de Mercadorias: estabelece regras gerais para a compra e venda de mercadorias entre países, incluindo questões como formação do contrato, obrigações das partes e resolução de conflitos.
  • Convenção de Quioto Revisada: estabelece regras e procedimentos para o desembaraço aduaneiro de mercadorias, incluindo a definição de valores aduaneiros e as obrigações dos importadores e exportadores.
  • Convenção de Hamburgo sobre Transporte Marítimo de Mercadorias: estabelece as obrigações e responsabilidades do transportador marítimo e do proprietário da carga, bem como os direitos e deveres dos destinatários das mercadorias.
  • Acordo de Facilitação de Comércio da OMC: estabelece medidas para facilitar o comércio internacional, incluindo a simplificação de procedimentos aduaneiros, redução de custos e tempo de trâmite, e a promoção da transparência e cooperação entre países.
  • Convenção de Montreal sobre Transporte Aéreo Internacional: estabelece regras e procedimentos para o transporte aéreo internacional de mercadorias, incluindo a responsabilidade do transportador por danos e perdas, bem como as obrigações dos remetentes e destinatários das mercadorias.

Esses acordos são importantes para garantir a segurança, eficiência e regularidade do transporte de carga internacional, além de promover a harmonização das normas e práticas entre os países envolvidos.

Documentações para o transporte de carga internacional

Abaixo estão listados os documentos necessários para o transporte de carga internacional.

Fatura comercial

É o documento que descreve os detalhes da venda, como o nome do comprador e vendedor, os produtos vendidos, o valor total da venda e as condições de pagamento.

Conhecimento de embarque

É um documento que prova a posse da mercadoria pelo transportador e contém informações importantes, como as condições de entrega, o peso e as dimensões da carga, o nome do embarcador e do destinatário, entre outras informações.

Certificado de origem

O Certificado de Origem é um dos documentos necessários para o transporte de carga internacional. Ele é utilizado para comprovar a origem da mercadoria e é importante para determinar a aplicação de acordos comerciais e de preferências tarifárias entre os países.

Certificados sanitários e fitossanitários

Em alguns casos, é necessário apresentar certificados que comprovem que a mercadoria não apresenta riscos à saúde pública ou ao meio ambiente.

Licença de importação/exportação

A Licença de Importação/Exportação é um documento que autoriza a entrada ou saída de mercadorias em um determinado país, sendo exigido em alguns casos para o transporte de carga internacional. 

Essa licença é emitida pelo órgão governamental responsável pelo comércio exterior do país de origem ou destino da carga.

A Licença de Importação/Exportação é necessária para produtos que possam representar riscos à saúde, segurança, meio ambiente ou à segurança nacional, além de produtos sujeitos a cotas de importação ou exportação, restrições de comércio ou sanções econômicas.

A falta dessa licença pode resultar na retenção da carga na alfândega ou até mesmo em sanções legais.

Nota fiscal

A nota fiscal é um documento fiscal que comprova a transação comercial entre o vendedor e o comprador. 

Ela é necessária para o transporte de carga internacional, tanto na importação quanto na exportação, e deve conter informações detalhadas sobre a mercadoria, como sua descrição, quantidade, valor unitário e total, além de indicar as partes envolvidas na transação e os impostos incidentes. 

A nota fiscal deve ser emitida de acordo com as leis e regulamentações do país de origem ou destino da carga e deve acompanhar a mercadoria durante todo o trajeto, desde a saída do remetente até a chegada ao destinatário.

Packing list

O packing list, ou lista de embalagem em português, é um documento que descreve detalhadamente o conteúdo da carga a ser transportada. Ele inclui informações como o tipo de produto, quantidade, peso, dimensões e embalagem utilizada. 

É uma documentação importante tanto para o embarcador quanto para o transportador, pois permite uma melhor organização e planejamento do transporte, além de ajudar na identificação da carga em caso de necessidade. 

O packing list também pode ser exigido pelas autoridades aduaneiras como parte da documentação necessária para o transporte de carga internacional.

Seguro de carga

O seguro de carga não é uma documentação propriamente dita, mas é um documento importante para o transporte de carga internacional. 

É recomendado que a carga seja segurada para garantir sua proteção durante todo o processo de transporte. O seguro de carga pode ser contratado pelo remetente ou pelo transportador e tem como objetivo cobrir eventuais danos ou perdas ocorridos durante o transporte, seja por acidentes, roubo ou outros imprevistos. 

O comprovante de contratação do seguro é um documento necessário para o transporte de carga internacional. 

É importante ressaltar que o seguro de carga não substitui a necessidade de outras documentações exigidas para o transporte de carga internacional, como a nota fiscal, a fatura comercial, o certificado de origem, entre outros.

Declaração de valor aduaneiro

A declaração de valor aduaneiro, também conhecida como Declaração de Valor de Mercadoria, é um documento necessário para o transporte de carga internacional. 

Esse documento é exigido pela Receita Federal e tem como objetivo informar o valor da mercadoria que está sendo importada ou exportada, a fim de que os impostos devidos possam ser calculados.

A declaração de valor aduaneiro deve ser preenchida pelo importador ou exportador e apresentada à Receita Federal, juntamente com outros documentos necessários para a liberação da carga. 

Alguns exemplos de informações que devem constar na declaração de valor aduaneiro são o valor unitário da mercadoria, o valor total da carga e a moeda utilizada na transação comercial.

É importante destacar que a declaração de valor aduaneiro deve ser precisa e refletir o valor real da mercadoria, a fim de evitar problemas com a Receita Federal e possíveis prejuízos financeiros.

Como realizar o transporte de carga internacional com segurança?

Realizar o transporte de carga internacional com segurança envolve uma série de precauções e cuidados, tanto com a carga quanto com a documentação e com a escolha do transportador. Algumas dicas importantes incluem:

  • Escolha um transportador confiável e experiente, que possua todas as licenças e autorizações necessárias para operar o transporte internacional de cargas.
  • Certifique-se de que a carga está devidamente embalada e acondicionada para o transporte, de acordo com as normas e regulamentações internacionais. Isso inclui a utilização de materiais adequados para proteger a carga de danos durante o transporte.
  • Verifique se toda a documentação necessária para o transporte internacional está em ordem e atualizada, incluindo a nota fiscal, o certificado de origem, o seguro de carga, entre outros.
  • Considere contratar um seguro de carga, que irá proteger a carga em caso de danos, extravios ou roubos durante o transporte.
  • Outra medida importante é a gestão de riscos de transporte, que envolve identificar todos os fatores internos e externos que podem impactar a segurança da frota e dos motoristas. Ao mapear os riscos, a empresa pode tomar medidas preventivas e minimizar as possíveis consequências negativas.
  • Realize o rastreamento da carga durante todo o processo de transporte, utilizando ferramentas tecnológicas disponíveis para garantir a segurança e a integridade da carga.
  • Esteja atento às regulamentações e normas de segurança internacionais, que devem ser seguidas rigorosamente para garantir a segurança do transporte e evitar possíveis problemas com as autoridades aduaneiras.
  • Mantenha uma boa comunicação com o transportador, mantendo-se informado sobre o status do transporte e eventuais problemas que possam surgir durante o processo.

Ao seguir essas dicas, é possível realizar o transporte de carga internacional com segurança e garantir que a carga chegue ao seu destino final sem problemas.

Precisando armazenar, transportar e distribuir materiais? Conte com a FLY SP!

A FLY SP realiza o transporte de carga internacional com segurança. Somos especialistas no armazenamento, transporte e distribuição de materiais e produtos para todo o Brasil e prezamos pela qualidade, eficiência e segurança. 

Portanto, se você precisa de empresas de logística em SP, conte com a FLY SP! Entre em contato agora com a FLY SP neste link e peça um orçamento para a sua empresa.

Solicite uma proposta

Leia também:

exemplos de cross merchandising
8 exemplos de cross merchandising
atividades de apoio da logística
Quais são as principais atividades de apoio da logística?
merchandising em supermercado
9 estratégias de merchandising em supermercado
Merchandising editorial
Merchandising editorial: o que é, exemplos e como integrar na sua estratégia
merchandising no ponto de venda
8 dicas para aplicar merchandising no ponto de venda (PDV)
10 exemplos visual merchandising para impulsionar o seu negócio

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA

NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.