Quais são as principais atividades de apoio da logística?
atividades de apoio da logística

As atividades de apoio da logística desempenham um papel fundamental nas operações logísticas, sendo consideradas atividades primárias. Essas atividades formam o ciclo crítico da logística, demandando uma atenção especial devido à sua relevância para o sucesso operacional.

Apesar de muitos associarem logística apenas ao transporte de mercadorias, é importante garantir o ciclo de vida da mercadoria e o cumprimento de prazos, focando não apenas no transporte, mas também no armazenamento e na distribuição eficientes.

Continue lendo e saiba qual a importância e quais são as principais atividades de apoio da logística.

Importância das atividades de apoio logístico

As atividades de apoio logístico são fundamentais para garantir uma cadeia de suprimentos eficiente, reduzir custos, melhorar a eficácia operacional e aumentar a satisfação do cliente. Aqui estão algumas das principais razões pelas quais as atividades de apoio logístico são importantes:

  • Eficiência operacional: As atividades de apoio logístico ajudam a otimizar os processos operacionais, garantindo que os recursos estejam disponíveis quando e onde são necessários. Isso resulta em uma cadeia de suprimentos mais eficiente, reduzindo os tempos de espera, minimizando o desperdício e melhorando a produtividade.
  • Redução de custos: Uma gestão eficaz das atividades logísticas contribui para a redução de custos em várias áreas, como transporte, armazenamento, embalagem e gerenciamento de inventário.
  • Atendimento ao cliente: A logística desempenha um papel crucial na entrega eficiente e pontual de produtos ou serviços aos clientes. Um sistema logístico eficaz contribui para a satisfação do cliente, construindo a reputação da empresa e fomentando a fidelidade do cliente.
  • Gerenciamento de inventário: As atividades logísticas incluem o gerenciamento eficiente de inventário para evitar excessos ou escassez. Manter um equilíbrio adequado ajuda a atender à demanda do mercado, evitando custos desnecessários de armazenamento ou perda de vendas devido à falta de produtos.
  • Resiliência da cadeia de suprimentos: O apoio logístico desempenha um papel vital na construção de uma cadeia de suprimentos resiliente, capaz de lidar com interrupções, como desastres naturais, flutuações na demanda e interrupções nas operações.
  • Inovação e tecnologia: A incorporação de tecnologias inovadoras na gestão logística, como sistemas de rastreamento, automação e análise de dados, contribui para a melhoria contínua e eficiência das operações.
  • Sustentabilidade: A gestão logística pode ser otimizada para promover práticas sustentáveis, reduzindo o impacto ambiental das operações, como a otimização de rotas para minimizar emissões de carbono e a escolha de embalagens ecologicamente corretas.

Armazenagem

Refere-se à administração do espaço necessário para manter estoques, abordando questões como localização, dimensionamento da área, arranjo físico e configuração do armazém.

Esta atividade envolve processos internos de estocagem, como movimentação e atendimento de pedidos no armazém.

Quanto a administração de espaços, é importante considerar diversos aspectos, tais como:

  • Localização: Identificação das principais fontes de fornecimento e pontos consumidores, além da análise dos custos de aquisição ou locação de imóveis, juntamente com as implicações tributárias.
  • Dimensionamento da área: Avaliação das demandas futuras, evitando a necessidade de mudanças frequentes no armazém devido à falta de espaço. O dimensionamento deve contemplar o fluxo de materiais (layout), áreas de estocagem e áreas de apoio (recebimento, separação e expedição) para evitar possíveis gargalos operacionais.

Ao considerar esses aspectos na gestão da armazenagem, as organizações podem otimizar a eficiência operacional e oferecer uma resposta mais ágil às demandas do cliente.

Manuseio de materiais

O manuseio de materiais refere-se à movimentação dos produtos dentro do local de armazenagem, abrangendo desde o processo de recebimento do item até o momento da expedição.

Este processo envolve a realização de movimentações internas no armazém e é crucial para minimizar custos, buscando efetuar a menor quantidade possível de movimentações para um item, isto é, desde a entrada até o armazenamento e a saída.

Para otimizar o manuseio de materiais, alguns pontos importantes devem ser considerados:

  • Encurtamento de distâncias: Coloque itens em áreas de armazenagem próximas ao recebimento e à expedição, reduzindo as distâncias percorridas.
  • Unitização: Ao movimentar itens dentro do armazém, procure fazê-lo em quantidades maiores, como paletizados ou em caixas unitizadoras, para otimizar o processo.
  • Melhoria do fluxo: Utilize sistemas informatizados que permitam a escolha dos melhores percursos dentro do armazém, melhorando o fluxo de movimentação.

Embalagem de proteção

O desenvolvimento de uma embalagem eficiente, do ponto de vista logístico, deve considerar diversos aspectos essenciais:

  • Proteção dos produtos: A embalagem deve garantir que os produtos possam ser movimentados sem sofrer quebras ou danificações, assegurando a integridade dos itens durante todo o processo logístico.
  • Otimização do espaço: A embalagem deve ser projetada para otimizar as atividades de armazenagem e transporte, visando a ocupação máxima do espaço disponível em volume.
  • Facilidade de manuseio: Aspectos relacionados à ergonomia da embalagem são fundamentais. Isso inclui considerar o peso, tamanho e condições que permitam que uma pessoa se movimente com facilidade.

Obtenção

É a atividade que torna o produto disponível para o sistema logístico, lidando com a seleção de fontes de suprimento, quantidades a serem adquiridas, programação de compras e a forma como o produto é adquirido. 

Não deve ser confundida com a função de compras, que envolve detalhes de procedimentos como a negociação de preços e avaliação de vendedores, não relacionados à tarefa logística.

Se esta atividade não for executada eficientemente, há o risco de um aumento expressivo nos custos de aquisição, o que pode resultar em uma redução imediata da margem de lucro. 

Além disso, a obtenção é essencial para manter os níveis de serviço ao cliente, pois qualquer demora ou dificuldade na aquisição de um item pode levar a rupturas no estoque, prejudicando o atendimento ao cliente no momento desejado.

O acompanhamento rigoroso da entrega dos itens adquiridos e a avaliação sistemática dos processos de previsão, fornecedores e critérios de aquisição são aspectos fundamentais dessa atividade.

Programação do produto

Enquanto a obtenção trata do suprimento (fluxo de entrada), a programação do produto lida com a distribuição (fluxo de saída). 

Essa atividade de apoio da logística analisa para cada produto, a previsão de demanda do mercado, as quantidades disponíveis em estoque, a capacidade produtiva instalada e disponível (no caso de produção) e o lote mínimo de produção/compra. Com base nessa análise, determina-se a quantidade a ser produzida/comprada.

Se o item for produzido internamente, é necessário identificar também a quantidade de matéria-prima necessária para a produção, envolvendo a análise da quantidade disponível em estoque e, se necessário, a geração de ordens de compra.

Manutenção de informação

Nenhuma função logística dentro de uma empresa poderia operar eficientemente sem as informações necessárias de custo e desempenho. 

Manter uma base de dados com informações, como a localização dos clientes, volumes de vendas, padrões de entregas e níveis de estoques, apoia a administração eficiente e efetiva das atividades primárias e de apoio.

Pensando em terceirizar o serviço de logística da sua empresa? Conte com a FLY SP!

Somos especialistas no armazenamento, transporte e distribuição de materiais e produtos para todo o Brasil e prezamos pela qualidade, eficiência e segurança. 

Portanto, se você precisa de empresas de logística em SP, conte com a FLY SP! Entre em contato agora com a FLY SP neste link e peça um orçamento para a sua empresa.

Solicite uma proposta

Leia também:

merchandising de varejo
Merchandising de varejo: o que é, quais os tipos e como montar
23 ideias de merchandising de Natal
PDV criativo dia das crianças
9 ideias de PDV criativo dia das crianças
merchandising dia das crianças
12 ideias de merchandising dia das crianças
merchandising exemplos
10 técnicas de merchandising para atrair mais clientes
PDV criativo Dia dos Pais: estratégias para captar a atenção dos clientes

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA

NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.